notícias

+55  98  2109 5000

notícias

Folha Educa: o tempo e o espaço sempre conectados

Provas de ciências humanas e suas tecnologias exigem um conhecimento que se comunicam entre as disciplinas
Folha Pe

Um mundo de conhecimento. Essa sensação, levada ao pé da letra, é a que se tem quando se estuda a área de ciências humanas e suas tecnologias. Entretanto, a exemplo de outros campos do conhecimento, prevalece também a percepção a respeito do contexto em que vivemos. No estudo de história e geografia é importante observar o quão essas matérias estão relacionadas uma com a outra e como alguns assuntos sobressaem merecendo maior atenção dos alunos. A pouco mais de um mês para o início da avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é consenso entre docentes e alunos o valor da dedicação à prática da solução de questões relacionadas aos temas, visando à obtenção de uma melhor performance, tanto quanto se exige no aprendizado, por exemplo, das ciências exatas. 

Na edição deste ano, todos chamam a atenção para os conflitos existentes no Brasil e no planeta e a forma como influenciam no homem e no meio. “É bem importante o estudo da história, porque não tem como a gente compreender o presente se não tem o conhecimento de tudo o que aconteceu no passado, que reflete hoje e vai refletir no futuro. É essencial para a formação do caráter humano”, avalia a estudante Beatriz Moraes, 17 anos, aluna do 3º ano do ensino médio do Colégio Marista São Luís. O olhar sobre as correlações, segundo seu colega Pedro Olivier, 17, também vale para a geografia. “Estudando a geografia você entende a relação do homem com o espaço, tanto com o ambiente natural quanto com todas as transformações que já foram realizadas pelo mundo.”

Clique aqui para ler a notícia original.