ensino fundamental I

+55  98  2109 5000

dicas de leitura

 

 

O homem que não queria saber mais nada e outras histórias

Peter Bichesel

Novo século


O livro traz sete histórias bastante imaginativas e com boa dose de fantasia: “A Terra é redonda” fala sobre um velhinho que planeja dar a volta ao mundo andando em linha reta; em “Uma mesa é uma mesa”, um homem entediado pela rotina decide renomear todos os objetos à sua volta; “A América não existe” reconta a história do descobrimento da América de maneira bastante curiosa; em “O inventor”, conhecemos um homem que dedica a sua vida a inventar coisas, mas que, de tão recluso, acaba inventando coisas que já existem; "O homem que tinha memória” narra a história de um homem apaixonado por trens, que sabia tudo sobre eles, e decide mudar de foco para saber o que ninguém mais sabe; “Tio Iodok manda lembranças” traz a visão de uma criança sobre seu avô que inventa uma nova língua a partir do nome de um parente distante; e, por último, há o conto que dá título ao livro, “O homem que não queria saber mais nada”, sobre um homem que desiste de aprender coisas novas e descobre que talvez isso seja uma tarefa impossível.

 

Ih! Sumiu o g do Guigui

Lulu Limas

Mil Caramiolas

 

 

Matilda adorava ler. Passava horas na biblioteca, lendo um livro atrás do outro. Mas, quanto mais ela lia e aprendia, mais aumentava seus problemas. Os pais viam televisão o tempo todo e achavam muito estranho uma menina gostar tanto de ler. A diretora da escola achava Matilda uma fingida, pois ela não acreditava que uma criança tão nova pudesse saber tantas coisas. Depois de mil peripécias, em que tentou se livrar da tirania dos pais e da diretora, Matilda acabou encontrando a compreensão de uma professora, srta. Mel, com quem foi morar.

 

Diário de um banana

Jeff Kiney

Vergara e Riba

 

A vida era melhor antigamente. Bem, pelo menos é o que dizem. Mas Greg Heffley, um garoto bastante acostumado ao conforto do mundo moderno, não concorda muito com isso. E uma decisão polêmica vai colocar o seu paraíso tecnológico em curto-circuito: todos em sua cidade resolvem dar um tempo dos aparelhos eletrônicos. Dentro e fora de casa, Greg terá que enfrentar o dia a dia à moda antiga. Será que ele vai conseguir sobreviver do mesmo jeitinho que se fazia nos “bons e velhos tempos”?